quarta-feira, 9 de junho de 2010

Involuntário.




Todos sabem que essa é a semana do dia dos namorados, e eu resolvi fazer uma homenagem a isso. Na minha ultima postagem (O Amor está a caminho), eu quis mostrar um pouco como uma pessoa se sente, quando não tem amor em sua vida. Amor em geral. Mas que o amor pode sim,estar a caminho. Hoje eu vou falar de um sentimento muito conhecido e que é derivado do amor. E que muitas vezes esse sentimento não é nem um pouco planejado.


Involuntário.

Antes de eu me apaixonar rápido demais, faça durar. Para que eu possa ver o quanto pode me doer se você me disser adeus. Mas mantenha tudo suavemente, tudo muito tranqüilo. Só deixe o presente ser vivido e o futuro passar. O meu coração não vai se acalmar, nem tão rápido. Eu tenho medo do que você pode fazer. Eu tenho medo de criar esperanças por que todo olá geralmente tem um adeus. Então agora você entende por que eu estou com medo?Eu não posso abrir meu coração sem a certeza que você fará o mesmo. Mas aqui vou eu, não posso fazer nada, é o que eu estou sentindo! E pela primeira vez na minha vida eu estou sentindo que é real. Mas você é tão hipnotizante que me faz rir quando estou triste, e chorar quando estou feliz. Não ter medo de cair mesmo quando eu estou prestes a afundar. Me faz esquecer o real e recorrer ao sonho. Me faz orgulhar quando pega em minha mão e me dá  segurança , ao mesmo tempo que me dá medo de você soltá-la.Mas se isso realmente é amor só não me faça sofrer,porque eu desisto, você já pode me abraçar. Pois é involuntário.

Kisses,
Love.




Ps.: Se copiar ponha os créditos. Não ganhe os créditos daquilo que não é seu. Essa semana vai ficar meio difícil pra eu postar, por que está extremamente corrida. Escola, escola e MAIS escola. Então, espero que entendam. Eu sei que entendem ;) HAHA. Muito obrigada por estar lendo aqui no blog, e volte sempre!

2 comentários:

  1. tu escrve muuuuuuuuito amg skoaksoaksa como vc consegue rs o blog cada dia fica melhor .. (:

    ResponderExcluir